Régine Deforges - VONTADE DE VIVER (Editora BestBolso, Série A Bicicleta Azul)

Autor (a): Régine Deforges [lista]
Editora: BestBolso
Coleção: Literatura Moderna [lista]
Série: A Bicicleta Azul (Nº 2) [lista]
Período de Publicação: 2010 
Número de Páginas: 378
ISBN: 978-85-7799-132-7
Arte da Capa:
Ilustrador (a): (Não há) 
Tradutor (a): Maria Eugênia Sá de Bandeira 
Edição Original: 101, Avenue Henri Martin, 1983, França, Editora Fayard
Edições: -





Contracapa: 1942, França ocupada. Auge da Segunda Guerra Mundial. Neste segundo volume da série A Bicicleta Azul, a jovem Léa Delmas descobre, entre seus parentes e amigos, a crueldade da delação, da covardia e do colaboracionismo. Alguns, porém, preferem lutar, mesmo que corram sérios riscos. Este é o caminho escolhido por Léa, que se engaja na Resistência para combater os alemães e tentar salvar as pessoas que ama. Unindo-se à luta de seu país, ela testemunha todas as perversidades praticadas pelos invasores. Uma situação extrema que Léa enfrentará com muito sofrimento. A série épica A Bicicleta Azul marcou toda uma geração, vendeu mais de 6 milhões de exemplares em todo o mundo e consagrou a autora francesa Régine Deforges. “A guerra, decididamente, fascina esta amazona [Deforges] que jamais hesita em se lançar em todas as batalhas.” (Le Figaro). “Dom de escrever, charme no estilo, generosidade de descrições, a escritora Régine Deforges domina esses trunfos, e em alto nível.” (Le Journal du Dimanche).

Outras Informações:

O nome da série se dá porque a protagonista, Léa Delmas, tem como função na Resistência Francesa o transporte de cartas de um ponto da cidade a outro e ela executa o serviço em sua bicicleta de cor azul.

A Resistência Francesa, chamada na França de La Résistance, foi um movimento formado por franceses que não aceitavam a submissão do Estado Francês ao poder nazista alemão, e que se encontravam desiludidos com Henri-Philippe Pétain (1856-1951) e sua política colaboracionista com Adolf Hitler (1889-1945), líder do Nazismo. Ela designa o conjunto de movimentos e redes que durante a Segunda Guerra Mundial prosseguiu a luta contra os nazistas dominadores a partir de 22 de junho de 1940 (data de assinatura do armistício) até à Liberação em agosto de 1944. O maior nome relacionado à Resistência Francesa é o do general Charles de Gaulle (1890-1970).

Vontade de Viver é o segundo volume da trilogia A Bicicleta Azul. A trilogia narra um panorama da Resistência Francesa ao Nazismo, durante a Segunda Guerra Mundial,  entre 1939 e 1945. A trilogia é formada por La Bicyclette Bleue (1981, A Bicicleta Azul), 101, Avenue Henri Martin (1983, Vontade de Viver) e Le Diable en Rit Encore (1985, O Sorriso do Diabo).

Seis anos após o encerramento da trilogia, Régine Deforges voltou novamente a escrever livros com o casal protagonista da trilogia, Léa Delmas e François Tavernier, totalizando 10 títulos diferentes no final da série, encerrada em 2007. Os sete volumes posteriores foram: Noir Tango (1991, Tango Negro), Rue de la Soie (1994, Rua da Seda), La Dernière Colline (1996, A Última Colina), Cuba Libre! (1999, Cuba Libre!), Alger, Ville Blanche (2001, Argel, Cidade Branca), Les Généraux du Crépuscule (2003) e Et Quand Vient la Fin du Voyage (2007).

A trilogia teve uma ótima recepção pelo mundo, vendendo mais de 6 milhões de exemplares.


Ao colocar lado a lado as capas dos três livros da série, pode-se notar que forma uma única ilustração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário