Ray Bradbury - O PAÍS DE OUTUBRO (Editora Francisco Alves, Coleção Mestres do Horror e da Fantasia)

Autor (a): Ray Bradbury
Período de Publicação: 1981
Arte da Capa: -
Ilustrador (a): -
Número de Páginas: 184
ISBN: -
Título Original: The October country
Ano da Primeira Edição: 1955
País: Estados Unidos
Público: Adulto
Gênero Literário: Contos
Tema: Mistério, Suspense, Terror







Sinopse:

Coletânea de 19 contos de terror do escritor norte-americano Ray Bradbury:

1.      O anão (The dwarf)
O proprietário de uma sala de espelhos e um jovem freqüentador de carnaval observa um anão que utiliza os espelhos para se fazer parecer mais alto.

2.      O próximo da fila (The next in line)
Um casal hospedado em uma pequena cidade mexicana se depara com um cemitério, que detém uma política chocante a respeito do enterro de pessoas cujas famílias não podem pagar.

3.      O ficha de pôquer sempre atenta a de H. Matisse (The watchful poker chip of H. Matisse)
Um homem completamente sem graça se torna a nova mania justamente porque ele é chato.

4.      O esqueleto (Skeleton)
Um homem convence-se de que seu esqueleto está fora de seu corpo para arruiná-lo e consulta um especialista cuja métodos são pucos ortodoxos.

5.      A jarra (The jar)
Um agricultor pobre compra um jarro com algo flutuando nele por doze dólares e ela logo se torna o assunto da cidade. Porém sua esposa começa a perceber algo estranho.

6.      O lago (The lake)
Um homem revisita sua casa de infância e se lembra de um amigo que morreu afogado no lago durante aquele período.

7.      O emissário (The emissary)
Um menino doente que não pode sair pra fora de sua casa tem apenas duas conexões com o mundo, seu cachorro e uma mulher que vive no bairro. No entanto, a vizinha morre e o cachorro, inexplicavelmente, foge.

8.      Possuída pelo fogo (Touched with fire)
Dois velhos escolhem por missão empurrar o cumprimento de pessoas infelizes. Eles vão tentar fazer isso com uma mulher cuja história termina de maneira sangrenta. O conto já havia sido publicado com o título Shopping for death.

9.      O pequeno assassino (The small assassin)
Uma mulher se convence de que seu bebê recém-nascido quer matá-la.

10.    A multidão (The crowd)
Um homem descobre que há algo de estranho com as multidões que se formam em torno de acidentes.

11.   A caixinha de surpresa (Jack-in-the-Box)
Um menino vive com sua mãe em uma enorme mansão isolada. Ela convence o garoto de que ele é Deus, dizendo-lhe que seu pai, o Deus original, foi morto por animais no lado de fora da mansão.

12.   A segadeira (The scythe)
Um homem entra em campo de trigo com uma foice. Ele descobre que a tarefa de colher é mais do que aparenta.

13.   Tio Einar (Uncle Einar)
Um membro da fantasmagórica família Elliott, o Tio Einar, tenta encontrar um caminho para o céu depois de danificar suas asas.

14.   O vento (The wind)
Um escritor passa a ter um medo mortal do vento, alegando que todos os ventos do mundo estão se reunindo para matá-lo.

15.   O homem do segundo andar (The man upstairs)
Um jovem suspeita que o homem que aluga o quarto de cima de sua casa pode ser mais do que um homem.

16.   Havia uma velha senhora (There was an old woman)
Havia uma velha mulher que desafiou a Morte há anos. A Morte enganou a velha um dia, roubando o corpo dela, mas a velha não ia deixar isso detê-la em ganhar o desafio.

17.   A cisterna (The cistern)
Uma mulher descreve a irmã que a terra debaixo da cisterna é mágica e lá os amantes se reencontram na morte.

18.   Festa de família (Homecoming)
Outro conto com a família fantamasgórica Elliott. Nesse conto, a família volta para uma reunião no antigo lar ancestral em Illinois. A casa é atualmente habitada por uma família mortal, cujo menino Timothy, que deixou a porta de seu quarto aberta, acredita estar sonhando com eles. Todos os contos que o autor escreveu sobre ma família Elliott formaram a base do romance From the dust returned, publicado em 2001.

19.   A morte maravilhosa de Dudley Stone (The wonderful death of Dudley Stone)
Fãs rastreiam o paradeio de um escritor que deixou de escrever e se isolou, começando então a escrever uma nova história sobre ele.

Outras Informações:

O País de Outubro traz a republicação de 15 dos 27 contos lançados originalmente no livro Dark Carnival em 1947, acrescentando mais quatros contos publicados anteriormente em outro lugar.

Texto da Orelha:
Ray Bradbury reúne dezenove histórias escolhidas (e em parte reescritas) dentre as que já havia publicado anteriormente - algumas delas já consagradas como verdadeiras obras-primas do gênero, reproduzidas em revistas e antologias dentro e fora dos Estados Unidos. Contos como 'O Anão', 'O Pequeno Assassino', 'O Lago', 'O Vento' são páginas inesquecíveis e pertencem ao que de melhor se escreveu na ficção moderna. Ray Bradbury, sem nunca se repetir ou copiar a si mesmo, sabe mesclar o horror e o fantástico, o mistério e o imprevisto, a ternura e o sonho, a morte e a vida, dentro de uma linguagem profundamente poética, que capta com delicadeza e maestria o frêmito humano.


SOBRE O AUTOR:

Ray Douglas Bradbury nasceu em 22 de agosto de 1920, na cidade de Waukegan, estado de Illinois, Estados Unidos. É o terceiro filho de Leonard e Esther Bradbury, e por causa do trabalho de seu pai (técnico em instalação de linhas telefônicas), viajou por muitas cidades dos EUA, até que em 1934 sua família fixou residência em Los Angeles, Califórnia. Em 1938, Bradbury graduou na Los Angeles High School (segundo grau), terminando assim sua educação formal, já que o autor continuou a estudar por conta própria. Publicou seu primeiro conto, Pendulum, em 1941 na revista Super Science Stories. No ano de 1947, ele casou com Marguerite McClure. Em 1950, ele publicou um de seus livros mais conhecidos, a coletânea de contos The Martian Chronicles, ganhando assim sua reputação de escritor de ficção científica. Em 1953, publica seu primeiro romance, Fahrenheit 451. Ele também escreveu roteiros para cinema e televisão. Ray Bradbury usou muitos pseudônimos para assinar sua obra, entre eles: Doug Rogers, Ron Reynolds, Guy Amory, Omega, Anthony Corvais, E. Cunningham, Brian Eldred, Cecil Cunningham, D. Lerium Tremaine, Edward Banks, D.R.Banet, Willian Elliot, Brett Sterling, Leonard Spaulding, Leonard Douglas e Douglas Spaulding.

Um comentário: